CFB realizou webinar com o tema “Da natureza, fundamento e objeto do trabalho do bibliotecário”

Postado em 07/10/2020.

 

O Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) realizou na quinta-feira, dia 1º de outubro, uma live em seu canal do Youtube com o tema “Da natureza, fundamento e objeto do trabalho do bibliotecário”.

 

O evento deu início a uma série de três encontros virtuais que irão contar com a presença de especialistas, professores e profissionais da área para analisar os 17 artigos que compõe o Novo Código de Ética e Deontologia do Bibliotecário brasileiro, que fixa as normas orientadoras de conduta no exercício das atividades destes profissionais.

 

Segundo o moderador do evento, bibliotecário Cristian Brayner, que é doutor em Literatura e Práticas Sociais e conselheiro do CFB, além de falar sobre esses artigos, o webinar também visou chamar a atenção para as contradições e para os desafios contemporâneos enfrentados pelas bibliotecárias e bibliotecários brasileiros no campo da ética.

 

Este primeiro encontro, contou com as palestras da Profa. Isa Maria Freire, doutora e mestre em Ciência da Informação e também do Prof. Dr. Enrique Muriel-Torrado, que possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade espanhola de Extremadura. Os convidados discorreram sobre os quatro primeiros artigos do Novo Código que tratam da ética e também da natureza, fundamento e trabalho do bibliotecário.

 

“Quantos bibliotecários se sacrificaram ao longo da história? Da história conhecida, da história registrada, especialmente da história recente, como no caso do nazismo, por exemplo – se sacrificaram para preservar as coleções, para que as pessoas que viessem depois deles tivessem acesso aos livros, aos artefatos culturais que as gerações anteriores produziram e desfrutaram”, comentou durante o evento a Profa. Dra. Isa Maria Freire, referindo-se ao artigo segundo do Código, o qual menciona que o bibliotecário repudia todas as formas de censura e ingerência política.

 

Neste mesmo artigo consta que o bibliotecário apoia a oferta de serviços público e gratuitos. Ao comentar sobre o assunto, o Prof. Dr. Enrique Muriel-Torrado fez uma palestra elencando alguns desafios do Brasil, como gênero, raça, educação e extrema pobreza e mostrou, diante deste cenário, o que os bibliotecários têm feito agora, em meio a pandemia.

 

Enrique trouxe exemplos práticos, como eventos online promovidos por bibliotecas, disponibilização de acervos virtuais e serviços de delivery para emprestar livros durante a pandemia do coronavírus. “Ao mostrar essas iniciativas que estão acontecendo no Brasil, cada uma é diferente e cada um faz o seu trabalho, mas estamos todos unidos”, diz. “Dar caráter oficial ao trabalho que já estamos fazendo para aferir a repercussão, valorizar e poder exigir é essencial, pois as bibliotecas podem estar mais inseridas nas políticas de enfretamento dos problemas sociais citados”, completa o professor.

 

Ao final do evento foi aberto um tempo para perguntas dos participantes do webinar. A live ainda está disponível e pode ser acessada no canal do Youtube do CFB ou clicando neste link https://www.youtube.com/watch?v=ua_ktasoZCA